Últimas Nóticias
robes

Robe

Costumamos ver atrizes de filmes e novelas usarem robes para atender uma visita ou quando estão hospedando alguém especial e usado como cobertura para calcinhas e sutiãs.

Não é que roupão não possa ser usado assim, mas que, além de delicado, o robe é uma peça sensual que todas as mulheres podem usar, independente de sua personalidade.

Existem vários estilos, sendo curtos e longos, em renda, seda ou cetim, neutros, fortes ou estampados.

O desejo é de ter um de cada modelo, mas para quem está na dúvida de qual comprar primeiro, veja quais ocasiões você usa e aposte naquelas que fortalecem sua personalidade.

Os roupões são o complemento perfeito para roupas íntimas, garantidos para adicionar um toque de sensualidade aos momentos íntimos ou ainda acompanhá-lo na hora de dormir com um suéter ou baby doll super elegante e te dará um ar glamouroso.

É feito de um tecido fluido com um excelente caimento que garante grande conforto e faz você se sentir mais confortável quando estiver se movimentando pela casa de pijama.

Como usar meu robe feminino?

Como falamos no tópico acima, os robes são ótimos para você usar enquanto aproveita a manhã ou troca de roupa, mas quem pensa que não pode garantir um tom mais sexy está errado.

A prova disso é o robe de renda, ele é super sexy e combina perfeitamente com lingerie vermelha para deixar você ainda mais sensual.

Então, para aqueles momentos mais especiais, os robes femininos são perfeitos para fazer os meninos te amarem ainda mais!

Mas e a cor?

As cores podem variar de acordo com a roupa íntima ou pijama que você usa junto com o robe feminino. Por exemplo, para estampas, um robe monocromático é o melhor.

Quanto aos robes de tule, os contrastes de cores realçam ainda mais sua beleza.

No entanto, se você quer um visual mais sexy, compre uma calcinha vermelha na cor do desejo e da paixão. Para camisolas, compre modelos com renda e tule.

Então não deixe de aproveitar e obter o que há de melhor em moda íntima.

Quais são os tipos de robes femininos?

A seguir, conheça os diferentes tipos de robes do mercado e prepare-se para investir nessa peça linda e feminina!

Longo

O longo é a versão mais clássica desta peça. Geralmente, seu comprimento vai até o tornozelo. Alternativamente, pode ser na altura da panturrilha.

Os robes podem ser encontrados em tecidos leves e fluidos, completos com cintos feitos do mesmo material. Para garantir o conforto do corpo, bem como a sensualidade da medida precisa.

 Curto

Robes curtos possuem diferentes comprimentos, desde abaixo da linha do quadril até o meio da coxa. Normalmente, é usado sobre pijamas curtos, babydoll ou conjuntos de roupas íntimas e sutiãs.

Descubra os tecidos mais comuns de robe

Robe de cetim

O tecido mais utilizado para fazer robes femininos. O cetim é brilhante e macio e muitas vezes traz um toque de glamour e elegância a uma roupa.

Robe de renda

Os robes de renda são outra excelente opção para quem quer causar, além de ser muito delicado, ele é lindo e muito sexy. A peça tem uma abertura frontal tradicional, geralmente fechada por um cinto de cetim da mesma cor do robe.

Robe de seda

Feito a partir de proteínas em casulos de seda, este material é considerado muito nobre e muito macio ao toque.

Atualmente, a seda é misturada com fibras sintéticas para baratear o produto. No entanto, mesmo que o manto seja feito de tecidos artificiais, ele mostra um visual bonito e sofisticado.

Robe de liganete

A liganete é outro tecido muito utilizado na confecção de robes femininos. Também conhecido como malha fria, o material não enruga, seca rapidamente e tem boa solidez da cor.

É muito macio ao toque e parece “deslizar” na pele. No entanto, não suporta bordados ou outras aplicações precisamente porque é muito escorregadio.

Se você deseja conforto, vale apostar em robes feitos de liganete como uma das opções no guarda-roupas.

Sobre The Sammyng

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.